Visando gestões mais conscientes, o termo "ESG", que significa "Environmental, Social and Governance(melhores práticas ambientais, sociais e de governança de um negócio), tem cada vez mais importância e impacto no valor de mercado de uma empresa, na concessão de crédito e nas relações internacionais e comerciais, integrando as melhores práticas ESG nas empresas e em suas cadeias de valor.

 

Ser uma empresa do agronegócio realmente sustentável envolve atuar não só na área ambiental, mas também social e econômica em todas as etapas dos processos de produção, exportação e operação. É necessário a adoção de práticas sustentáveis não apenas em sua empresa, mas em toda a cadeia de fornecedores, todas as empresas envolvidas no processo precisam estar verdadeiramente alinhadas com a essência da sustentabilidade.


Os fatores ESG abrangem uma série de critérios que mostram como uma empresa se posiciona em relação às três dimensões envolvidas: 


Os critérios ESG são cada vez mais relevantes para o mercado do agronegócio, principalmente quando falamos da relação desses produtos com o mercado externo. Durante anos, a eficiência foi o foco das cadeias de suprimentos globais. Mas a pandemia da COVID-19 comprovou que hoje ela já não é suficiente.  


Gerenciar o próprio risco e o risco que terceiros trazem é assumir liderança, mostrar-se comprometido com responsabilidade, com desafios sustentáveis. O relacionamento com fornecedores e parceiros requer que a empresa administre as próprias emissões de gases do efeito estufa (GEE) e também de toda cadeia, assim como as condições fabris, igualdade de remuneração, respeito aos direitos humanos e trabalhistas, uso de água, diversidade, e outras métricas relevantes.


Nesse contexto criamos um evento para atender a essa necessidade por conhecimento. O evento ESG na Cadeia de Valor do Agronegócio é uma iniciativa do SB Sustainable Business e da Áster Máquinas-John Deere, que contempla a realização de 6 painéis, onde serão discutidos temas relacionados aos fatores ESG, e como as organizações podem (e devem) se posicionar e gerenciar de forma ambiciosa a governança, o risco e a postura ética não só do seu ambiente mas de toda sua cadeia de suprimentos.


Em 2021, tivemos o evento “ESG no Agronegócio - A década da Regeneração”, e com essa segunda o objetivo é aprofundar o conhecimento e todas as diretrizes ligadas a extensão das práticas para toda a cadeia produtiva.

PROGRAMAÇÃO

ASSISTA AO VÍDEO DO PROJETO

INSCREVA-SE NO EVENTO!

Seus dados estão protegidos conosco.